Causas e Controle de Deriva
Na aplicação de produtos químicos de proteção na cultura, a deriva de pulverização é um termo usado para as gotas que contêm os ingredientes ativos que não são depositadas na área alvo. As gotas com maior tendência à deriva de pulverização são geralmente as de tamanho pequeno, menor do que 200 µm de diâmetro e facilmente deslocadas para fora da área alvo devido ao vento ou outras condições climáticas. A deriva pode fazer com que os produtos químicos de proteção de cultura sejam depositados em áreas indesejáveis com graves conseqüências como:

Danos às culturas adjacentes sensíveis.
Contaminação da água da superfície.
Riscos à saúde de animais e pessoas.
Possível contaminação à área alvo e áreas adjacentes ou possível aplicação em excesso dentro da área alvorea.
Causas de Deriva de Pulverização

Inúmeras variáveis contribuem para a deriva de pulverização. Isto se deve, predominante, ao sistema do equipamento de pulverização e a fatores meteorológicos.

Tamanho da Gota

Dentro do sistema do equipamento de pulverização, o tamanho de gota é o fator mais influente relacionado à deriva.

Quando uma solução líquida é pulverizada sob pressão, ela é atomizada em gotas de vários tamanhos: Quanto menor o tamanho do bico e maior a pressão de pulverização, menores são as gotas e, portanto, maior é a proporção de gotas deriváveis.
Download